The page you're viewing is for Portuguese (LATAM) region.

Parceiros

The page you're viewing is for Portuguese (LATAM) region.

As 5 Principais Considerações ao Selecionar um Fornecedor de Serviços para a Infraestrutura Digital do seu Data Center

Alerta de Spoiler: o preço por hora não está na lista!

Se você já passou pelo pesadelo que é um downtime (indisponibilidade) não planejado em seu data center, você sabe como é importante fazer a manutenção e os serviços adequados em sua infraestrutura crítica, incluindo as unidades de fontes de alimentação de energia ininterrupta (UPS) e unidades de ar-condicionado de precisão que trabalham em conjunto para garantir que seu negócio esteja sempre funcionando.

Considerando que o downtime pode custar milhares de dólares para uma empresa a cada minuto, investir em fornecedores profissionais de serviços para data center para evitar tais catástrofes em geral não é uma venda difícil. Mesmo assim, a primeira pergunta que vários tomadores de decisão fazem em relação aos serviços é: “Quando isto vai custar?”

Embora o preço seja importante, ele não é, definitivamente, o único fator que pesa ao decidir em quem confiar para manter alguns dos equipamentos mais importantes do seu data center. De fato, nem faz parte da lista dos cinco principais. Aqui estão diversas considerações muito importantes que ofuscam o preço por hora e que contribuirão, em última instância, para um menor custo total para o seu negócio no longo prazo:

  1. Com que rapidez o fornecedor de serviços para data centers pode responder à sua chamada? Lembre-se que um downtime custa milhares de dólares por minuto. Em uma emergência, você precisa de um fornecedor de serviços que possa estar na sua instalação “ontem”. É importante escolher um fornecedor que esteja a uma distância razoável da sua instalação e que tenha um tempo de resposta garantido dentro da área de cobertura. Como você nunca sabe quando ocorrerá um desastre, serviços de emergência 24x7 são, obviamente, uma obrigatoriedade. Você deve também conferir as políticas de agendamento das prioridades para ter uma ideia de como sua emergência será tratada se, e quando, você precisar rapidamente de mãos experientes e especializadas no site.
  2. Que tipos de peças são usadas e qual a disponibilidade delas? Quer seja um serviço de emergência ou uma manutenção preventiva rotineira no data center, as peças certas fazem a diferença em como seu equipamento funciona. Essas peças precisam estar disponíveis de imediato, especialmente em situações de emergência, onde tempo é dinheiro - literalmente. Busque um fornecedor que mantenha um grande inventário de peças originais, nunca recondicionadas. E certifique-se de que o fornecedor tenha um histórico impressionante de entrega de peças no prazo (de preferência, 90% ou mais). Isso entrará na equação do tempo médio para reparo (MTTR), o qual você certamente deseja que seja o menor possível para que você possa estar funcionando o quanto antes. Dependendo da idade dos seus equipamentos de infraestrutura de TI, você pode também querer verificar a disponibilidade de peças obsoletas e/ou peças descontinuadas pela OEM.
  3. Serão fornecidos upgrades de firmware para equipamentos mais novos? Para sistemas mais novos, projetados e controlados digitalmente, o acesso aos upgrades de firmware da OEM é uma obrigatoriedade. Updates de firmware devem ser efetuados durante as visitas de manutenção preventiva para garantir que os equipamentos estejam sempre atualizados e adequadamente mantidos. Embora alguns terceiros possam oferecer seus próprios firmwares, a única forma de otimizar o desempenho do equipamento é com os firmwares proprietários da OEM.
  4. Qual é o protocolo de treinamento? Cada evento de serviço abre a possibilidade de erro humano relacionado ao serviço. Não é preciso dizer que quanto mais treinado em seu equipamento for o fornecedor de serviços, menor é a chance que esses erros ocorram. Descubra se há exigências de treinamentos e/ou educação contínua para os técnicos de serviços e peça para ver uma cópia das credenciais e certificações atualizadas de treinamento. Você deve também verificar se o fornecedor é treinado para prestar serviços especificamente na marca dos seus equipamentos. Idealmente, você quer um fornecedor que tenha acesso contínuo às últimas informações sobre os equipamentos que você usa, incluindo acesso aos engenheiros de design, esquemas de engenharia e especificações da OEM.
  5. Qual é a política de segurança do fornecedor de serviços e qual o seu histórico de segurança? Além de treinamento específico nos equipamentos, os fornecedores de serviços devem ter um treinamento de segurança para trabalhar nas proximidades de equipamentos elétricos. Descubra se o fornecedor tem um programa formal de treinamento funcionando. Um fornecedor que mantenha um programa contínuo de treinamento e certificação de segurança, tenha um bom histórico de segurança e tenha ganho um prêmio ou dois em segurança de organizações reconhecidas no mercado, pode ser confiável para trabalhar com seus equipamentos críticos e sensíveis.

Obtenha o Máximo do seu Contrato de Serviços para o Data Center

Dada a natureza essencial da sua infraestrutura crítica e o papel que ela tem em manter o seu negócio operacional, eficiente e lucrativo, a escolha de um fornecedor de serviços não deve ser uma escolha feita levianamente. Quando você encontrar um fornecedor que possa atender a todos esses quesitos, pode ter certeza que os equipamentos dos quais você depende para manter seu negócio funcionando estará nas melhores mãos possíveis e que os serviços que você comprar entregarão valor por muito tempo para o seu negócio.

Conteúdo Relacionado

PARCEIROS

Selecione o seu país e idioma